Caldos: Recomeçar o ano a colheradas

Com o fim das festas de Réveillon, um organismo baqueado é o “presente” mais comum de quem abusou da farra. Ajudamos você a sair dessa com as verdadeiras porções mágicas que são os caldos – leves, nutritivos e muito gostosos.

Postado em : 08/01/2015 14h14 Em:

Para quem já sofreu os efeitos colaterais de uma noitada a receita é quase sempre a mesma: tomar um caldo bem forte para “normalizar” os sentidos. Além de matar a fome, eles são particularmente eficazes em nutrir e confortar o organismo. O fato de os ingredientes serem batidos torna a digestão mais fácil – situação ideal para um corpo fatigado. Cremosos ou mais líquidos, descem macios garganta abaixo – sensação prazerosa, que gera bem estar imediato. Não por acaso, entram fácil na lista de comfort food.

Podem ser mais leves (quando assim requer um sistema digestivo fragilizado) ou mais encorpados, ricos (para quem, ao contrário, precisa de mais sustança). Independente do estilo, são sempre uma boa aposta. Para quem não dispõe de uma mãe (ou pai, avó, esposa, marido, funcionária) hábil na cozinha, apta a preparar um caldinho nesses dias de “rebordosa”, selecionamos alguns locais que os servem tanto no horário da madrugada (pós-balada) quanto normal.

caldo2Especialista
Um deles revela a especialidade logo no nome. Localizado no Bairro de Fátima, o Caldinho do Sucata oferece caldos em típicos copos de boteco, nos sabores de peixe (feito com filé de pargo ou sirigado), feijão (que leva ainda bacon e charque), camarão e panelada (basicamente com os mesmos ingredientes do prato feito com buxo bovino, mas processado no liquidificador). No Sucata, o preparo dos caldos não difere muito do de outros estabelecimentos. Os de peixe e camarão, por exemplo, são feitos com a cabeça dos animais, para dar sabor.

À receita são acrescentados legumes, para dar mais consistência; no final, são incorporadas as carnes.
O Caldinho do Sucata oferece ainda petiscos, como os espetinhos de churrasco. O lugar é indicado para quem quer tomar uma cervejinha no happy-hour com os amigos ou colegas após um dia de trabalho.

Não muito distante dali está o Boteco do Arlindo. Com programação musical composta por chorinho ao vivo nas noites de terça e samba nas tardes de sábado, o lugar é garantia de uma boa diversão. O cardápio oferece caldo de peixe e de feijão.

Praia
Quando o assunto é caldo, outro lugar certos de encontrar algo saboroso é o Boteco Praia. Com vista para a Praia de Iracema, a casa oferece opções que não fogem do tradicional, como os caldos de peixe, feijão (com bacon, charque e ovo de codorna) e camarão.

O grande diferencial é a utilização de batata cozida no preparo, que dá uma consistência cremosa ao resultado final. Muito rica em carboidratos, a batata é ideal para aquele corpo cansado que precisa de uma injeção de energia. Dependendo do apetite (e da disposição do organismo), o tamanho permite repetir a porção e, assim, provar mais de um sabor.

Se, ao contrário, a ressaca já passou e a vontade é de tomar alguns drinques, a variedade do cardápio da Cervejaria Devassa faz dela um endereço recomendado. Nesse caso o destaque é o encorpado e apimentado caldo de feijão – delicioso, capaz de recuperar rapidamente o ânimo de qualquer pessoa (confira a receita ao lado).

caldo4Roteiro
Sua procura é na madrugada? Então um dos pontos mais tradicionais é o bar Tocatins, que oferece apenas a opção de peixe – não por acaso, já que é um dos favoritos do cearense. De consistência bem cremosa, ele leva ainda cenourinhas e outros legumes, servido com torradas cobertas com queijo. O bar oferece serviço de delivery para locais próximos.

Se você se interessou pelas torradas, aceite esse conselho: vá direto ao restaurante Brazão, na Praia de Iracema, que serve um dos melhores pãezinhos de alho, fatiado, em porções generosas que acompanham os caldos. Também é point certo de notívagos, já que fica aberto até as 5h da manhã.

No menu, estão caldos de carne, feijão preto (o mais pedido da casa e que traz aquele gostinho saboroso de feijoada), feijão mulatinho e a tradicional canja de galinha. Mas para vários clientes a estrela mesmo é o caldo de peixe. Delicioso, vem fumegando da cozinha.

No Mambembe – Comida e outras Artes, alguns caldos foram acrescentados na primeira reforma do cardápio, como o de feijão-preto (com couve manteiga, bacon crocante e um ovo de codorna), impecável. Tem ainda o de peixe com camarão (com camarão sossego, molhinho de leite de coco com coentro e torradinhas de ervas frescas) e caranguejo (com farofa crocante e molhinho de coco). O estabelecimento possui ainda uma opção vegetariana, o caldo verde – à base de batata com legumes, alho, cebola e servido com couve crocante e torradinha de ervas.

Agora é só escolher.

 

Busca Estabelecimentos

digite os campos abaixo para fazer uma busca refinada em nossos estabelecimentos: