Especial: Festival de petiscos

Começa, nesta sexta-feira, a 7ª edição do Comida Di Buteco em Fortaleza. Por aqui, 16 bares vão apresentar petiscos exclusivos

Postado em : 14/04/2017 5h05 Em:

Consolidado no calendário nacional, o Concurso Comida di Buteco chega, este ano, à 18ª edição. Fortaleza vai participar do evento novamente, chegando em sua 7ª edição e concorrendo ao melhor buteco do País. A capital cearense receberá o evento de 14 de abril a 7 de maio e deve contar com a participação de 16 estabelecimentos.

Com a missão de transformar vidas por meio da cozinha de raiz – buteco extensão de sua casa –, o Comida di Buteco se consolida como uma das mais importantes plataformas de fomento, valorização e exposição do buteco e da cozinha brasileira, importante ícone da cultura nacional.

Oscar, Paulo e Coquinho apresentam o petisco concorrente do bar Chá da Égua Foto: Divulgação

Oscar, Paulo e Coquinho apresentam o petisco concorrente do bar Chá da Égua Foto: Divulgação

 

Tanto que o festival vem se consolidando, ano a ano, como uma das mais importantes plataformas de transformação social no segmento e contribuindo para a manutenção desses pequenos comércios em um mercado tão concorrido e vulnerável, inúmeras vezes, mudando a vida de seus proprietários. Só na edição 2016 foram contabilizados 450 mil votos, gerando uma cadeia de valor de R$ 120 milhões, com 6 mil novos empregos e mais de 4 milhões de pessoas diretamente impactadas nos botecos.

Nacionalmente, o concurso pretende levar quase 5 milhões de apaixonados por butecos às urnas dos mais de 500 concorrentes, em 20 cidades, para eleger o Melhor Buteco do Brasil. Pioneiro nesse segmento, em 2016 inaugurou um importante marco na sua consolidação: tornou-se uma eleição nacional, que a partir de então, premia todo ano o melhor buteco do Brasil, consolidando-se como o único concurso nacional do gênero, que envolve toda a população das 20 cidades participantes.

Em 2017, pelo segundo ano consecutivo, os petiscos terão o preço máximo de R$ 25,90, desafiando os butecos a serem criativos e acessíveis, não perdendo uma de suas características mais importantes: serem democráticos. Mais de 500 butecos, que criaram petiscos exclusivos, passarão pelo crivo do público e de um corpo de jurados, que vai eleger o melhor buteco da cidade. Cada concorrente será avaliado em quatro categorias (petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida). O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias, 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e o dos jurados, 50%.

Em junho, uma comissão de jurados, escolhida especificamente para essa missão, vai visitar os 20 campeões de cada cidade para eleger o melhor dos melhores. É como se agora o Comida di Buteco tivesse duas etapas: eleição do melhor da cidade, envolvendo público e jurados. E a eleição do melhor do País, validada por outra comissão de jurados que não participou da primeira etapa. O vencedor leva a cidade e o buteco ao pódio da cozinha de raiz do Brasil.

Laila e Adriano, da Kina do feijão

Laila e Adriano, do Kina do Feijão Verde, apostam no Cordeiro da Filhota para esta edição Foto: Divulgação

 

Cereais
O tema da edição 2017 é Cereal, tão popular na mesa do brasileiro. O tema criativo, utilizado em algumas edições do concurso, visa estimular a pesquisa da cultura gastronômica por parte dos butecos, a criatividade e a pluralidade no uso de recursos, ingredientes e histórias.
O cereal foi escolhido por estar na base da cadeia alimentar do brasileiro, do Norte ao Sul do País. Essa categoria de alimentos está nos primórdios da nossa história, desde que o homem começou a cultivar seus alimentos. No mundo todo, os cereais respondem como grupo alimentar mais consumido; em 2º lugar vêm os vegetais e, em 3º, o leite. No Brasil, os cereais também são o número 1 da cadeia alimentar do brasileiro.
Outro ponto importante na escolha do tema é que os principais cereais não sofrem com a sazonalidade no Brasil e existem várias opções de custo baixo, permitindo receitas criativas sem incremento no custo do petisco.

Serviço

Comida Di Buteco
De 14/04 a 7/05
16 estabelecimentos participantes.
O Comida di Buteco disponibiliza um aplicativo para que se conheça melhor os participantes, tanto do Ceará quanto do restante do Brasil. Ele está disponível para smartphones que operam no sistema Android (http://migre.me/wnoSL) e iOS (http://migre.me/wnoTe).

Perfil dos butecos
Os butecos selecionados para participar são classificados pela organização do concurso como “Espontâneos”: é aquele lugar em que o dono está sempre à frente do negócio, não pertencendo a redes ou franquias. Tem a identidade de seu proprietário e, na maioria das vezes, outras pessoas da família do dono trabalham com ele.

Busca Estabelecimentos

digite os campos abaixo para fazer uma busca refinada em nossos estabelecimentos: