Conhecendo o Ceará

À mesa com Izakeline Ribeiro: Amor temperado

Chefs conciliam a vida intensa de trabalho com a convivência diária com os filhos

Postado em : 10/08/2018 5h05 Em:

Que a vida de chef não é das mais tranquilas a gente já sabe. Com a proximidade do Dia dos Pais, conversamos com chefs que vivem a luta diária de dar conta da agenda intensa de trabalho, muitas vezes em horários não convencionais, sem perder a vivência com os filhos.

José Valdir do Nascimento, de 43 anos, comanda o Tilápia Restaurante, uma das principais casas de comida regional em Fortaleza. O filho Natan Gonçalves do Nascimento, de 9 anos, nasceu praticamente dentro do restaurante. A admiração pelo trabalho do pai vem desde cedo e uma das atividades principais da dupla é cozinhar. “Sempre faço almoço e jantar para ele. Filé à parmegiana, macarrão à bolonhesa e o simples filé, arroz, macarrão e feijão são as comidas preferidas do meu filho”, conta Valdir.

Chef Valdir Nascimento aproveita o tempo livre com o filho Natan em atividades ao ar livre. Foto: Rodrigo Carvalho

Chef Valdir Nascimento aproveita o tempo livre com o filho Natan em atividades ao ar livre. Foto: Rodrigo Carvalho

 

Mas, andar de bicicleta, jogar futebol e ir à praia também estão na programação de lazer dos dois.

“Acordo cedo, levo meu filho para escola. Vou para restaurante e organizo tudo com minha equipe. Não tenho gerente nem supervisor, eu mesmo, com a ajuda de minha esposa, faço toda a organização e supervisão do restaurante, inclusive as compras. Gosto de estar presente em todos os detalhes. Sentamos com a equipe e debatemos sobre assuntos para a melhoria em nossos serviços”, conta Valdir, que trabalha de terça a sábado, das 11h30 à 0h, e domingos, das 11h30 às 18h.

Milton Vasques, de 43 anos, e João Guilherme Vasques, de 14, também encontram os melhores momentos de lazer na cozinha. Chef executivo do Lá Fora Brasil e da Los Burgers Comedoria, Milton deixa o filho no colégio logo cedo e segue para as 16 horas diárias de trabalho.

“No horário em que estou em casa, principalmente nos raros momentos de folga, sempre estamos juntos em casa ou fazendo alguma coisa fora”, conta o chef, que, no começo da profissão, sofria por não estar presente em datas comemorativas, como Natal e aniversários. “Tive que, algumas vezes, abrir mão de estar em família. Mas esse é o ônus da profissão, não me queixo, mas a compreensão e o apoio da família sempre foram fundamentais”, diz.

Chef Milton e o filho João Guilherme adoram cozinhar juntos. Foto: Rodrigo Carvalho

Chef Milton e o filho João Guilherme adoram cozinhar juntos. Foto: Rodrigo Carvalho

 

Em casa, a diversão é garantida quando fazem churrasco e cozinham. João Guilherme é fã de massas com carnes grelhadas e também adora cozinhar e inventar receitas. Até já gravou vídeos para a internet.

“Uma vez perguntaram por que ele não participava de um reality show de culinária, a resposta dele foi a seguinte: ‘Cozinheiro é para estar na cozinha servindo e não fazendo show’. Acho que ele segue meu exemplo. Não opino na escolha dele, mas assumi um compromisso: não importa a hora que chegue, o quão cansado eu esteja, se ele me chama para cozinhar ou preparar qualquer coisa, eu vou na hora”, afirma o chef.

Busca Estabelecimentos

digite os campos abaixo para fazer uma busca refinada em nossos estabelecimentos: