À mesa com Izakeline Ribeiro: Entre amor e sabor

No meio da rotina intensa na cozinha, conciliar a convivência com os filhos é um desafio

Postado em : 11/08/2017 5h05 Em:

 

O chef Ralfo Ifanger aproveita as horas vagas para passear com as pequenas Tereza e Antonela. Eles adoram fazer piquenique na Praça das Flores. Fotos: Rodrigo Carvalho

O chef Ralfo Ifanger aproveita as horas vagas para passear com as pequenas Tereza e Antonela. Eles adoram fazer piquenique na Praça das Flores. Fotos: Rodrigo Carvalho

 

Chef executivo do grupo Social Clube e churrasqueiro, Ralfo Ifanger, de 33 anos, tem uma daquelas rotinas bem intensas. Mas nada que impeça o prazer de estar presente no cotidiano das filhas Antonella, de 3 anos, e Tereza, de 1. Segundo ele, não é fácil conciliar trabalho e família, quando se é do ramo da gastronomia. “Nem sempre temos um horário certo, é preciso estar estudando, pesquisando, se atualizando e inovando. Vivemos gastronomia 24 horas por dia. Eu e a Luiza (Garzon) nos dividimos e nos unimos para cuidar das meninas. Quando estamos os dois trabalhando, a mãe da Luiza nos dá suporte”, conta o chef.

Geralmente, Ralfo trabalha das 8h às 17h, de segunda a sábado. Mas, muitas vezes, o horário muda em inauguração de cardápio, em algum outro evento pontual ou cursos de churrasco, que tem ministrado ultimamente. Para marcar sua presença na rotina das crianças, Ralfo acorda, dá banho, arruma, faz o lanchinho e leva e busca a Antonella na escola. “Também aproveito que moro perto do trabalho e sempre que dá, almoço com elas. Quando chego em casa, brincamos, fazemos o jantar e vemos desenho até a hora de dormir”, conta.

Nos fins de semana, sempre que possível os passeios ficam entre os piqueniques na praça ou nas praias. “Também ficamos de olho nas programações dos shoppings, onde se apresentam os personagens favoritos das meninas. Mas nos dias de cansaço, jogamos o colchão no chão da sala, assistimos desenhos e pedimos pizza. As meninas adoram todas os momentos que estamos todos juntos, fazendo o que quer que seja. Elas estão sempre com a gente nos eventos de churrasco. Vez por outra, nos acompanham nas reuniões e elas adoram. Antonella já gosta de dar opiniões e sempre pede para cozinhar comigo, com a Luiza e com a avó dela, Julieta”, comenta Ralfo.

sanduíches coloridos

E foi na Praça Doutor Carlos Alberto Studart Gomes, mais conhecida como Praça das Flores, que reunimos o trio animado para as fotos desta edição. “Gostamos bastante da Praça das Flores, não só por ser perto de casa, mas principalmente por ser um local limpo, com brinquedos, cheio de crianças, com diversas áreas para piquenique, além de ser segura. Fizemos o aniversário de ser segura. Fizemos o aniversário das duas esse ano na praça. Montamos estrutura, levamos animação, e tivemos ajuda de todos que trabalham lá”, explica Ralfo, destacando que as duas meninas não dão trabalho para comer. Mesmo assim, o cardápio de casa é sempre variado e cheio de cores para ficar mais atrativo.

A Antonella é a que mais aceita tudo, desde a introdução alimentar. Hoje, o que ela mais gosta de comer é arroz de brócolis, manga e sanduíches. Já a Tereza, nasceu praticamente dentro do BARBCREW, um grupo de churrasco que Ralfo participa, se tornando uma carnívora nata. Além de carnes, ela adora sucos.

Para o piquenique com crianças, Ralfo gosta de preparar sanduíches, como o Pink & Green Sandwich, que a Antonella adora, e o Suchá de Hibisco com Abacaxi, o preferido da Tereza. E o chef compartilhou a receita do sanduíche com a gente. Clique aqui para conferir.

Diversão na cozinha

Em casa, o chef Rodrigo Viriato e os filhos Samuel, Ana Alice e Valentina encontram na cozinha o lugar mais divertido. Fotos: Arquivo pessoal

Em casa, o chef Rodrigo Viriato e os filhos Samuel, Ana Alice e Valentina encontram na cozinha o lugar mais divertido. Fotos: Arquivo pessoal

 

Na casa do chef e professor universitário Rodrigo Viriato, de 39 anos, o lugar mais divertido é a cozinha. É lá que, pelo menos, uma vez por semana o chef reúne os filhos Ana Alice, de 11 anos, Samuel, de 9, e Valentina, de 4, para cozinhar. Fazer pizza, pão, bolo, macarrão, molhos e assar carnes (cortes especiais) estão entre as atividades preferidas do trio com o pai. Essa foi uma das decisões necessárias para conciliar a convivência com filhos em meio à intensa rotina diária.

chef Rodrigo Viriato e filho

“Trabalho todos os dias, das 7h às 22h30, às vezes um pouco mais. Dentro desses horários encaixo minha vida pessoal, como sair com as crianças, esportes e etc. Mas sempre ligado com a equipe do comercial e das cozinhas. Aos domingos só trabalho de casa e, às vezes, vou para o Café Viriato da Rua Oswaldo Cruz”, conta o chef, destacando que é bem difícil conciliar o trabalho com a vida em família. Viriato afirma que nesse ano começou a priorizar as atividades com as crianças.

filhos do chef Rodrigo Viriato

“Renunciei demais no início da vida deles. É um aprendizado constante e é preciso pesar as prioridades, porque trabalhar bastante possibilita que eu proporcione boas atividades, boas escolas etc. Mas a presença é fundamental, eles cobram e sei que é bom. Gosto muito de ficar com eles. Mas, eu não fui educado assim. Não tinha essa necessidade de presença, poucos pais eram presentes”, explica. E a paixão pela gastronomia também já é percebida mesmo nos momentos de lazer. Viriato acha bem provável que algum dos filhos seja cozinheiro. “Mas, não os coloco na cozinha com essa intenção. Eles brincam de cozinheiro e cozinham de fato. A mais nova, a Valentina, é interessada e muito inquieta, pode vir a ser uma
chef”, afirma.

Busca Estabelecimentos

digite os campos abaixo para fazer uma busca refinada em nossos estabelecimentos: